Pela imediata reabertura do Museu do Índio

Atualizado: 7 de Mai de 2019

No dia 02 de maio de 2019, a Direção da Fundação Nacional do Índio (FUNAI) apresentou o Informativo DAGES n. 06,  com as justificativas dos motivos pelos quais o Museu do Índio no Rio de Janeiro encontra-se fechado. O documento, no entanto, não divulga uma data estimada para a reabertura da Instituição, deixando no ar um cenário de dúvidas e incertezas.


O Museu do Índio precisa abrir suas portas!

Em sua história recente, o Museu do Índio mantem-se fechado ao público – estudantes, pesquisadores e indígenas - por quase cinco anos, desde 2013, quando da 1ª “ocupação” das suas instalações pelo movimento indígena “Aldeia Maracanã” e no segundo momento, quando do evento de caráter nacional, “Ocupa FUNAI”, em 2016. No entanto, a despeito de estar fechada ao atendimento às escolas e ao público em geral, a instituição vem funcionando de forma regular, com seu corpo de funcionários trabalhando diariamente em atividades internas. Mesmo fechado ao público, o Museu do Índio tem realizado eventos com parcerias externas em atividades do Programa de Documentação de Línguas e Culturas Indígenas/PROGDOC.


A alegação apresentada pela direção da FUNAI para manter a instituição fechada é de “ameaça ou risco ao patrimônio” dos povos indígenas. Entendemos que a competência de uma administração tem que ser medida em termos das respostas que ela é capaz de dar - sejam obras, ajustes, adequações ou projetos, visando ao cumprimento das exigências que dizem ser necessárias, em um prazo definido e limitado, com divulgação de cronogramas e transparência nas ações realizadas. Assim, as autoridades competentes e responsáveis pelo Museu do Índio deveriam tomar iniciativas eficazes de forma a poder garantir a segurança do seu patrimônio físico e humano, associada ao livre atendimento ao público em suas instalações, missão de todo museu.


Nesse sentido, apelamos, também, ao Governador do RJ e ao Comandante do Corpo de Bombeiros para buscar soluções visando à reabertura urgente do museu com a máxima segurança devida. Não menos valiosa nessa luta é a efetiva participação das entidades representativas dos Servidores da Funai: ANSEF e INA. Esperamos engajamento e solidariedade nesse momento de incertezas.


O Museu do Índio não pode mais ficar fechado!  A reabertura do Museu do Índio ao público é urgente e o livre acesso de pesquisadores indígenas e não indígenas é imprescindível à produção e divulgação científica sobre os povos e culturas indígenas!!


Sindicato é pra lutar!


SINDISEP e Comissão de Base do Museu do Índio

145 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

ASSEMBLEIA DO SINDISEP-RJ

Companheiras e companheiros: Queremos lembrar que hoje, as 10h30 em primeira convocação e 11h00 em última, será realizada uma assembleia geral do Sindisep-RJ que tem como pauta a deflagração de greve

Rua Visconde de Inhauma, n.º 58, sala 1108 - Centro

Rio de Janeiro - RJ, CEP 20091-007 - Brasil