SINDISEP-RJ se solidariza com militantes do MLB perseguidos por supermercado



O SINDISEP-RJ encaminhou no último dia 8 um ofício ao Movimento de Luta nos Bairros. Vilas e Favelas (MLB) se solidarizando aos militantes perseguidos pelo supermercado Mundial. Em dezembro do ano passado o MLB realizou um ato pacífico contra a fome nas dependências da filial do Mundial no bairro da Lapa, no Rio.


O supermercado entrou posteriormente com uma queixa-crime de extorsão contra quatro militantes. O único "crime" que a rede bilionária de supermercados acusa é o protesto contra a fome e os preços abusivos cobrados nas grandes redes de mercados do país.


Confira abaixo a íntegra do ofício enviado pelo SINDISEP-RJ ao MLB.

Rio de Janeiro, 08 de março de 2021.


Ao MLB-RJ.


ASSUNTO: Solidariedade aos companheiros e companheiras vítimas de perseguição por parte do Supermercados Mundial.


Companheiras e companheiros:


O Sindicato Intermunicipal dos Servidores Públicos Federais dos Municípios do Rio de Janeiro, SINDISEP-RJ, vem, denunciar mais um ataque do empresariado à luta dos trabalhadores. No dia 17 de dezembro de 2020 o Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas, MLB, realizou um ato público denunciando a fome e a crise econômica, denunciando que as prateleiras cheias de comida enquanto milhares de pessoas passam fome.


O protesto se deu pacificamente dentro das instalações do supermercado Mundial da Rua Riachuelo, Centro do Rio de Janeiro, munidos apenas de cartazes e palavras, sem qualquer tipo de ameaça e muito menos violência, sendo, inclusive, acompanhado pela Polícia Militar do Rio de Janeiro. Mesmo assim, os donos do Mundial registraram uma queixa crime contra as lideranças presentes no ato, com a falsa alegação de extorsão, em clara tentativa de intimidar e desestimular novas manifestações.


Por fim, nós do Sindisep-RJ queremos registrar nosso apoio e solidariedade de classe as companheiras e companheiros do MLB que estão sendo vítimas de falsas acusações por parte da rede de supermercados do Rio de Janeiro, cujos donos são entusiastas do governo Bolsonaro, é velha conhecida dos movimentos de trabalhadores, em razão de seu histórico de supressão de direitos trabalhistas e de suspeitas de sonegação fiscal.


Saudações Sindicais,



Raul Bittencourt Pedreira

Secretário Geral e de Políticas Sindicais do Sindisep-RJ


6 visualizações0 comentário

Rua Visconde de Inhauma, n.º 58, sala 1108 - Centro

Rio de Janeiro - RJ, CEP 20091-007 - Brasil